Processos

Saiba como manter seu abatedouro funcionando normalmente

O Brasil é um importante produtor de carne com grande participação mundial. Essa carne é processada nos milhares de abatedouros que realizam o abate, processamento e armazenamento de carnes, sempre de acordo com todas as normas sanitárias.

Porém, diversos erros podem provocar o fechamento de abatedouros, mesmo que de forma parcial.

Cesar Daniel Krüger, Médico Veterinário e Diretor do CIPOA (Centro de Inspeção de Produtos de Origem Animal do estado de São Paulo), explica que a falta de condições de higiene representa a maioria dos problemas do fechamento dos abatedouros, mas há outros problemas também.

A ausência de responsável técnico médico veterinário pelo estabelecimento ou alguma ordem judicial também representam falhas que podem provocar o fechamento do abatedouro.

Em razão disso, é obrigatório que todo abatedouro siga alguns procedimentos previstos na legislação para que continue funcionando regularmente e não esteja sujeito a problemas.

Como deixar seu abatedouro funcionando correta e regularmente?

No Brasil, a abertura de abatedouros exige várias etapas que devem ser seguidas, caso da documentação e atendimento às questões ambientais. Porém, para que se mantenha funcionando correta e regularmente, regras semelhantes devem ser seguidas.

Várias são essas regras e Dr. Krüger indica algumas das mais importantes:

  • Seguir os procedimentos operacionais e de manutenção;
  • Seguir o manual de boas práticas descrito e revisado sempre pela equipe de controle de qualidade;
  • Seguir os autocontroles previamente prescritos;
  • Contratar equipe técnica e especializada. “Essa equipe irá garantir a segurança dos alimentos produzidos, além de manter a documentação em ordem e atualizada”, diz Krüger.

O diretor do CIPOA indica também que o abatedouro deve controlar a entrada de pessoas estranhas à produção, além de não permitir pessoas sem exames de saúde em dia na manipulação dos alimentos.

Além disso, para o abatedouro funcionar corretamente, os abatedouros não devem realizar alterações estruturais ou de composição de produtos sem a devida permissão do Serviço Oficial de Inspeção.

Artigo AnteriorPróximo Artigo

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *