Inovação

Pequenos piscicultores: Embrapa desenvolveu frigorífico móvel para processamento de peixes

Com 12 metros de comprimento e podendo ser transportado por uma carreta, o EMP (Entreposto Móvel de Pescado) foi desenvolvido pela Embrapa Pesca e Aquicultura e visa ajudar pequenos piscicultores a processarem peixes. De acordo com a líder do projeto que desenvolveu o equipamento, a pesquisadora da Embrapa, Patrícia Costa Mochiaro Soares Chicrala, o EMP atende a uma demanda por frigoríficos com menor custo de implantação.

Projetado em estrutura modular, o equipamento permite que as etapas de processamento sejam adicionadas segundo as necessidades de cada produtor.  Essa estrutura também reduz custos de quem está dando os primeiros passos na produção de pescados; é possível começar somente com o abate, sem processamento, cortes ou industrialização.

De acordo com Patrícia, em algumas regiões do Brasil, pequenos e médios produtores não disponham de frigoríficos próximos, tendo que comercializar peixes inteiros em feiras livres. Uma tilápia vendida a R$ 5,50 o quilo, inteira, poderia ser comercializada por R$ 16,00 se fosse processada, ou seja, embalada com registro sanitário. Além disso, em forma de filé, esse valor subiria para R$ 25,00 ou R$ 30,00 o quilo.

1 Star2 Stars3 Stars4 Stars5 Stars (No Ratings Yet)
Loading...
Artigo Anterior

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *