Tecnocarne Digital faz parte da divisão Informa Markets da Informa PLC

Este site é operado por uma empresa ou empresas de propriedade da Informa PLC e todos os direitos autorais residem com eles. A sede da Informa PLC é 5 Howick Place, Londres SW1P 1WG. Registrado na Inglaterra e no País de Gales. Número 8860726.

Esses são os desafios de Internet das coisas na produção pecuária

Esses são os desafios de Internet das coisas na produção pecuária

"Nós vimos o que a internet impactou nas nossas vidas nos últimos vinte anos, mas o que vai acontecer hoje é 100 vezes maior", afirma o CEO da Agrus Data e diretor de relações institucionais da Associação Brasileira de Internet das Coisas (Abinc), Herlon Oliveira. "E os agricultores não vão lembrar dos desafios que enfrentamos hoje", completa.

Enquanto no agronegócio há dificuldades em obter dados da produção, reunir essas informações e utilizá-las, na planta industrial como abatedouros e frigoríficos eles já estão disponíveis. E mesmo que existam casos em que o produtor instala câmeras nos barracões, Oliveira explica que hoje a coleta de dados está limitada a triangulação e em como isso infere no comportamento do animal. Existem possibilidades de uso intensivo de imagem, em que processando é possível calcular peso da carcaça e prever onde cada lote vai chegar em quilos – “mas tem barreira de custo”, explica Oliveira.

Entretanto, antes do Big Data ou da inteligência artificial “que decide quando parar ou não uma serra” há etapas a serem construídas; “é obrigação da tecnologia, a interface tem que ser entendível pelo produtor. O ônus é fazer com que entenda é nosso, não é obrigação dele. A curva de aprendizagem com Whatsapp e SMS é zero, só consome informação. Temos que simplificar a realidade”.

Ocultar comentários

Comments

  • Allowed HTML tags: <em> <strong> <blockquote> <br> <p>

Plain text

  • No HTML tags allowed.
  • Web page addresses and e-mail addresses turn into links automatically.
  • Lines and paragraphs break automatically.
Publicar