Tecnocarne Digital faz parte da divisão Informa Markets da Informa PLC

Este site é operado por uma empresa ou empresas de propriedade da Informa PLC e todos os direitos autorais residem com eles. A sede da Informa PLC é 5 Howick Place, Londres SW1P 1WG. Registrado na Inglaterra e no País de Gales. Número 8860726.

Como você deve fazer a correta pendura de aves em abatedouros

Como você deve fazer a correta pendura de aves em abatedouros

Em abatedouros, a máxima qualidade e a maior velocidade operacional do abate passam necessariamente pelos cuidados em todas as etapas do fluxograma de abate, que precisam ser bem realizadas, tais como a recepção, pendura de aves, atordoamento, sangria, escaldagem, depenagem e evisceração.

Dentre esses procedimentos do fluxograma de abate, a pendura de aves representa uma das etapas mais importantes, pois é responsável por reduzir a qualidade do produto final caso existam falhas. Nesta etapa, as aves são colocadas em suportes ligados à nória. Esse processo é realizado de forma manual, mesmo em uma indústria cada vez mais automatizada. Por isso, a pendura de aves deve ser realizada sempre com a máxima eficácia, onde o treinamento e a adoção de cuidados potencializam essa importante etapa do fluxograma de abate.

Segundo o professor do Programa de Pós-Graduação em Tecnologia de Alimentos (PPGTAL) da UTFPR,Fábio Augusto Garcia Coró, a pendura é uma etapa dolorosa para as aves. “Existem vários receptores nervosos nas canelas que estão sendo comprimidas pela nórea, logo, quanto mais tempo os animais ficarem na pendura, maior será o desconforto e sensação de dor”. Além disso, o simples fato de a ave ser colocada de ponta-cabeça na linha de pendura de aves é o suficiente para ela sentir medo e estresse.

Falhas na pendura: problemas para o trabalhador e sofrimento para as aves

Quando realizada de forma incorreta, a pendura de aves pode ocasionar em sérios problemas à saúde do trabalhador de abatedouros, além de causar sérios danos e sofrimento às aves.

Para os trabalhadores desse setor os problemas relacionam-se principalmente à saúde e estresse dos mesmos. A atividade de pendura é geralmente realizada por uma equipe pequena que trabalha em um ambiente agressivo, a um ritmo intenso e submetida a um alto grau de exigência física, além do excesso de poeira e constante contato com o excremento das aves.

Como fazer a correta pendura de aves?

A tecnóloga em alimentos e o professor salientam que esta etapa deve ser bastante criteriosa e por isso depende da excelência dos trabalhadores bem como da adequação dos equipamentos em questão.

Hoje sabe-se que esta área deve ser iluminada de forma diferenciada, com menor intensidade luminosa ou com luz azul, propiciando um ambiente bastante calmo e com efeito calmante”, sugerem.

Os pesquisadores explicam também que a pendura das aves na nória deve ser feita sem movimentos bruscos, evitando estressar as aves. Além disso, a imobilização da pendura é necessária para que ocorra a aplicação adequada da insensibilização.

Para um eficiente procedimento, as aves devem ser retiradas pelas canelas das gaiolas e ser penduradas pelas duas pernas – nunca uma perna só - nos ganchos da trilhagem, sob força apropriada que evite o aparecimento de contusões e hematomas.

O tempo entre pendura e insensibilização (processo seguinte) é outro ponto fundamental a ser considerado. Os pesquisadores explicam que esse tempo deve ser o menor possível, a fim de evitar desconforto nas aves, devido à pressão das pernas com o gancho e a posição invertida em que a aves se encontram.

Recomenda-se um tempo máximo que não pode ultrapassar os 90 segundos”, sugerem os profissionais.

Caso haja problemas na linha, como por exemplo sua parada completa, as aves que não foram insensibilizadas devem ser imediatamente retiradas dos ganchos e retornar para as caixas até o reestabelecimento da operação.

Dicas para melhorar a eficiência da pendura de aves

Para minimizar os efeitos que comprometem à eficiência da pendura de aves, Tania e Coró sugerem algumas dicas essenciais.

Para aumentar o bem-estar as aves as dicas são:

  • Colaboradores devem ser devidamente treinados sobre os conceitos de Bem-Estar Animal, evitando força excessiva, movimentos e batidas desnecessárias;
  • Instalar um anteparo para apoio de peito em toda a extensão da nórea de abate, de modo a evitar que as aves se debatam, reduzindo o estresse;
  • O colaborador deve manter a mão sobre o corpo da ave para contê-la por 1 a 2 segundos, com isso as aves se acalmam e o bater das asas diminui;
  • A velocidade de linha de abate deve ser compatível com o número de colaboradores destinados à pendura de aves.

Ainda sobre essa questão, Coró lembra que a pendura de aves ainda é uma das poucas etapas onde há prevalência da mão de obra humana “comandando” o cenário. Tal fato reforça ainda mais a importância do treinamento dos colaboradores.

Já para melhorar a qualidade do trabalho dos operadores da linha de pendura de aves, os pesquisadores indicam que os frigoríficos devem respeitar o disposto na Norma Regulamentadora de Saúde e Segurança no Trabalho (NR 36).

Dentre os vários pontos que a NR aborda, os pesquisadores destacam:

  • Pausas para descanso (de acordo com a jornada de trabalho); e
  • Rodízio de atividades, como a alternância das posições de trabalho, alternância de grupos musculares, alternância de atividades sem exigência de repetitividade, redução de exigências posturais, redução de carregamento, manuseio e levantamento de cargas e pesos.

Neste contexto, Coró lembra que a pendura de aves ainda é uma das poucas etapas onde há prevalência da mão de obra humana “comandando” o cenário, “reforçando ainda mais a importância do treinamento dos colaboradores”, explica.

Agregado a tudo isso, fatores como ajuste dos equipamentos em relação ao tamanho das aves, condições ambientais na área de pendura e condições em que o animal chega para a realização da pendura são determinantes para a continuidade do processo, uma vez que quanto mais calmos estes estejam, melhor será fluxo de trabalho.

Ocultar comentários

Comments

  • Allowed HTML tags: <em> <strong> <blockquote> <br> <p>

Plain text

  • No HTML tags allowed.
  • Web page addresses and e-mail addresses turn into links automatically.
  • Lines and paragraphs break automatically.
Publicar