Tecnocarne Digital faz parte da divisão Informa Markets da Informa PLC

Este site é operado por uma empresa ou empresas de propriedade da Informa PLC e todos os direitos autorais residem com eles. A sede da Informa PLC é 5 Howick Place, Londres SW1P 1WG. Registrado na Inglaterra e no País de Gales. Número 8860726.

3 formas para planejar a elevação da produção

3 formas para planejar a elevação da produção

Não há uma maneira unificada em que o gestor do frigorífico irá seguir e assim conseguirá aumentar a produção de forma eficaz. Entretanto, o zootecnista e gestor comercial da Barra Mansa Alimentos, Lucas Ferriani, indica que pequenos e médios frigoríficos têm basicamente três formas para aumentar a produção:

  1. Aumento de capacidade do frigorífico;
  2. Aumento de dias trabalhados, e/ou
  3. Aumento das horas trabalhadas.

Em relação a aumento de capacidade do frigorífico, o zootecnista diz que é necessário que ocorram adequações estruturais, como aumentar a capacidade de curral, abate, desossa, armazenagem, carregamento e entrega dos frigoríficos.

Após esses ajustes na capacidade, a compra de matéria prima, ou seja, a compra mais gradativa de animais deve ser realizada até que todos os ajustes sejam superados”, complementa Ferriani.

Baseado em dias trabalhados, Ferriani diz que devem ser feitos ajustes com o mesmo contingente de trabalhadores, “Eles podem trabalhar por exemplo de sábado, caso ainda não trabalhem” diz.

Vale lembrar que esse ajuste de horas trabalhadas deve sempre ser acordado com o sindicato local.

Quanto às horas trabalhadas, o gestor comercial da Barra Mansa Alimentos explica que podem ser abertos novos turnos de trabalho. “Podemos passar de dois para três turnos de abate, desossa e carregamento, por exemplo”. Além disso, dependendo de como se dará o crescimento do frigorífico é necessário o uso de um CD (centro de distribuição) que irá facilitar a logística de entrega da empresa.

Ocultar comentários

Comments

  • Allowed HTML tags: <em> <strong> <blockquote> <br> <p>

Plain text

  • No HTML tags allowed.
  • Web page addresses and e-mail addresses turn into links automatically.
  • Lines and paragraphs break automatically.
Publicar