Inovação

Já pensou em usar embalagens termoformadas para proteína animal?

Carnes, aves frescas e embutidos são produtos perecíveis e que apresentam alto valor agregado, em razão disso, requerem sistemas de embalagem que garantam que cheguem ao consumidor final com sabor e sem perda de qualidade. Entre as formas de acondicionamento com eficiência já comprovada, temos as embalagens termoformadas, que vêm sendo cada vez mais utilizadas pelas empresas de alimentos e aceitas pelo consumidor.

As embalagens termoformadas proporcionam manutenção da qualidade e do sabor dos produtos nelas acondicionados, além de maior segurança, inviolabilidade, leveza, facilidade no uso e praticidade. Elas são constituídas basicamente por materiais plásticos que podem apresentar estrutura flexível ou semirrígida, garantindo maior eficácia ao produto, protegendo-o durante os possíveis transportes que poderão ocorrer com o mesmo.

Essas embalagens são compostas de resinas poliméricas com propriedades específicas para resistir ao processo de termoformagem e para atender aos requisitos de conservação do produto embalado.

O que são embalagens termoformadas?

Segundo o gerente de pesquisa e desenvolvimento da Videplast, Agnaldo Crippa, essas embalagens são as que passam por um processo de termoformagem no momento da colocação do produto na embalagem.

No processo de termoformagem, uma lâmina seca é aquecida a uma temperatura pré-determinada, na qual o material plástico amolece, sendo em seguida esticado para cobrir o contorno do molde. Por fim, a peça é refrigerada na temperatura na qual o termoplástico passa a ser rígido, retendo assim a forma do molde.

Crippa ressalta que existem vários tipos de equipamentos de termoformagem, com vários formatos de moldes, diferentes larguras, comprimentos e profundidades, destinados a acomodação dos mais variados formatos de produtos.

Ele explica que as embalagens são produzidas em forma de filme em bobina, compostas por um filme fundo (este normalmente sem impressão) e um filme tampa (normalmente impresso com todas as informações pertinentes). “O filme fundo é o que passa efetivamente pelo processo de termoformagem e normalmente possui maior espessura que o filme tampa”, diz.

Artigo AnteriorPróximo Artigo

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *